fiscalizacao actividade comercial mandimba meio circulanteMediante o financiamento concedido, através do Programa de Desenvolvimento Municipal, 1.585.020MT (Um Milhão Quinhentos Oitenta e Cinco Mil e Vinte Centavos) foram desembolsados ao Conselho Municipal da Vila de Mandimba, para a aquisiçāo de uma viatura de marca Nissan, visando melhorar a fiscalização da actividade comercial naquela autarquia.

Falando aos municípes, no acto de entrega do meio circulante, o Presidente do Conselho Municipal de Mandimba, realçou que a viatura veio para alavancar o incremento de receitas, uma vez que no passado, vários comerciantes, de má fé, punham se em fuga, sempre que se apercebessem da presença das autoridades locais.

Ainda segundo o Edil de Mandimba, “este meio veio para servir nāo só a equipa policial, durante os trabalhos de fiscalizaçāo, mas também, poderá vir a ser útil para toda a equipa do município, nas actividades que pretendam realizar no campo”, destacou.

matola 11 mil duatsOnze mil famílias de diferentes bairros dos Postos Administrativos da Machava e Infulene, no Município da Matola, receberam, recentemente, títulos de Direito de Uso e Aproveitamento da Terra (DUATs) relativos aos espaços onde estão instaladas as suas residências.

A entrega daqueles documentos aos proprietários dos imóveis enquadrou-se na campanha de regularização massiva dos terrenos levada a cabo pelas autoridades municipais que pretendem regularizar todas as habitações existentes na urbe.

Segundo as autoridades municipais, a atribuição daqueles documentos visa proporcionar segurança aos proprietários dos espaços e reduzir os conflitos de terra que se verificam entre os residentes de diversos pontos daquelas zonas residenciais, sabido que grande parte dos proprietários das residências existentes na Matola ainda não possuem documentos que conferem o direito do uso dos locais onde estão edificadas as suas casas.

“ o munícipe que tem documentos que provam que o espaço onde vive é seu tem múltiplas vantagens porque tem a prorrogativa de pedir empréstimo bancário usando a casa como garantia e/ou penhora e acima de tudo reduz conflitos de terra que existem um pouco por todo o país”, referem as autoridade municipais.

No âmbito da campanha, iniciada em 2015, o município recebeu cerca de 35 mil pedidos de regularização de terrenos, tendo prosseguido com análise dos processos e trabalho de fiscalização das habitações para verificar a conformidade dos mesmos e evitar situações de conflitos de terra.

inhambane paves urbeOito (8) kms de estradas com recurso a pavês, em diferentes artérias da Cidade de Inhambane, já foram executados, desde o arranque reabilitação das vias de acesso na Urbe, visando melhorar a circulação rodoviária, de pessoas e bens.

A informação foi dada a conhecer pelo Presidente da Autarquia de Inhambane, Benedito Eduardo Guimino, tendo referido que a edilidade esta engajada na construção de pouco mais de 1.600 metros de estradas em diversos cantos da Cidade.

Falando aos munícipes, Benedito Guimino, fez saber que a sua edilidade está apostado em melhorar as condições de transitabilidade e limpeza na urbe, visando o bem-estar dos munícipes e promoção de um turismo de excelência, sublinhou o Edil tendo acrescentado que, por exemplo, neste momento “estão em curso duas obras visando a colocação, numa extensão de 500 metros, de pavê e construção de um silo para o deposito de lixo no Tofo, cuja execução será num prazo de 90 dias, a contar da data do inicio das mesmas”, disse.

Ainda de acordo com Guimino, os trabalhos em curso vão compreender a construção duma estrada, incluindo a edificação duma ponteca, numa via que irá estabelecer ligação entre o Mercado-Giló e as Casas Redonda o que permitirá melhorar a circulação de pessoas e bens na urbe.

Num outro desenvolvimento, o Edil falou dos esforços que o Município de Inhambane esta envidando no sentido de garantir a conclusão dos projectos dos anos anteriores no sector de estradas, tendo, igualmente, anunciado, um outro grande projecto de construção de estradas de terra batida, numa extensão de oito quilómetros nos Bairros de Nhamua e Mecucune.

saneamento do meio tete sanitarios publicosO Conselho Municipal da Cidade de Tete iniciou a construção de sanitários públicos na urbe, cujo primeiro, localizada na Av. 25 de Junho, no centro da Cidade, já foi inaugurado pelo Edil de Tete e entregue aos munícipes

Segundo o Presidente do Conselho Municipal, Celestino António Checanhza, trata-se de uma infraestrutura construída de raíz e apetrechada de forma moderna e, segundo ele, a construção do sanitário enquadra-se no cumprimento do Plano Economico e Social do Município e do compromisso assumido perante aos munícipes em garantir melhor saneamento na Cidade.

“Queremos afirmar que este não é o fim, pelo nível de desenvolvimento que a nossa Cidade tem estado a registar, consta do nosso plano, a construção de mais sanitários públicos na urbe, com recurso a fundos próprios”, o Presidente do Conselho Municipal da Cidade de Tete, Celestino Checanhanza, na sua intervenção, após a cerimónia de inauguração.

7 de abril anammAlusivo ao 7 de Abril, Dia da Mulher Moçambicana, a Associação Nacional dos Municípios de Moçambique (ANAMM), endereça, a toda a mulher moçambicana, especialmente a Mulher Autárquica, pela efeméride.

Pág. 1 de 3