Município de Alto Molócuè

sertonio fernandoPresisente do
Conselho Municipal:

Sertório João Mário Fernando

Presidente da
Assembleia Municipal:

António Ricardo Macarate

População38.956Habitantes

Área84km²

Orçamento Anual -

Ir para o website

A Historia do Distrito e Vila de Alto Molócuè em particular zona Urbana começa a ser documentada a partir dos anos 1900 com a chegada dos colonizadores na zona, particularmente dos Padres da Igreja Canónica Romana católicos.

A organização Administrativa do Alto Molócuè não se diferencia da que existia outras zonas da Zambézia. as pequenas nações , que os Portugueses dividiram e chamados de regulados, eram dirigidos por Mamuenes (Reis tradicionais), que eram geralmente os chefes de grande famílias ou clãs.
Até 1916 Alto Molócuè era um comando militar a semelhança de outros existentes no Distrito da Zambézia, com o objectivo de proceder a cobrança de impostos chamado com língua local MUSSOKO e o recrutamento da mão-de-obra barata.


O Decreto de 31 de Março de 1916 e de harmonia com o telegrama do Ministro das Colónias, cinco comandos militares do norte da Zambézia eram transformados em Circunscrições Civis, dentre eles, Alto Molócuè com Sede em Alto Molócuè.


A população da Circunscrição de Alto Molócuè não escapou do trabalho forçado (Muacwante) e tendo trabalhado nas plantações da cana sacarina na companhia de Sena- Mopeia e mais tarde a fábrica foi transferida para Marromeu Luabo com o nome de Sena Sugar State e Mafambisse nas machambas de café em Namarroi, nas plantações de chã em Socone, de sisal em Naciaia e na exploração mineira em Mutala, Moiane e Murrua.


O Conselho da Circunscrição de Alto Molócuè, era composto pelos Postos Administrativos de Nauela, Gile, e Alto Ligonha. A partir da década 20, Gile passa a categoria de distrito, com um Posto Administrativo de Alto Ligonha, passando assim reduzindo os postos administrativo do Distrito de Alto Molócuè.


Na Sede do Distrito de Alto Molócuè, viveu uma grande mulher de nome MARAPUANHA, que reinava coadjuvado pelo seu filho LIMIHA; noutras zonas a volta da Sede a população é da linhagem matrelinear.
A população do distrito é o resultado da mistura de povos de diversas origens entre as quais originarias das altas montanhas do Gurue, (Montes Namuli) e Macuas, estas migrações foram provocadas pelas invasões e guerras tribais, a procura de terras férteis para a prática da agricultura e da pastorícia.


As guerras e invasões das pequenas nações fizeram com que Alto Molócuè fosse rico em linhagem como vejamos as principais linhagens (MAHIMO), existentes Distrito e na Vila Municipal em particular:
Amirole, Amilima, Amaloa, Amaloa, Amole, Alapone, Ayatxe, Alukasse, Anharine, Atxetxele.


A 01 de Junho de 1964, a Sede de Alto Molócuè passa a ostentar a categoria de Vila de acordo com a portaria n 17740, Publicada pelo Boletim Oficial de Moçambique 1ª Serie n˚16 de 20 de Abril de 1964ˊ 2˚ Suplemento.

Informação Adicional